15 dicas para campanhas de links patrocinados de sucesso

Se você ainda não anuncia no Google Ads ou já anuncia, mas não conseguiu atingir os resultados esperados, elaborei uma lista com 15 dicas para campanhas de links patrocinados a fim de otimizar sua conta e conseguir melhores resultados.

Se tiver dúvidas com relação ao desempenho desse tipo de publicidade e o quanto ela pode trazer de retorno ao seu negócio, recomendo a leitura das 16 vantagens em anunciar nos Links Patrocinados do Google Ads.

Desejo a você uma boa leitura e sucesso em suas campanhas!

 

1. Defina um objetivo claro e um investimento necessário

Frequentemente recebemos aqui, na agência, contas de Google Ads em que a gestão é feita pelo próprio dono do negócio ou por agências não especializadas, os problemas mais comuns identificados estão relacionados à falta de metas claras (que busquem atingir objetivos bem definidos) e investimentos errados, às vezes muito abaixo do necessário, assim sendo, a primeira dessas 15 dicas para campanhas de links patrocinados é sobre o objetivo e os investimentos de campanhas.

Embora o Google permita investimentos baixos e que atendam a negócios de todos os tamanhos, a restrição orçamentária pode significar que seu negócio não apareça para boa parte das buscas e consequentemente impedirá que você tenha bons resultados em suas campanhas. Use a ferramenta de palavras-chave do Google Ads, adicione a sua lista de palavras-chave e identifique o volume de buscas delas, dessa forma você conseguirá uma previsão do investimento necessário.

 

2. Defina suas personas

Persona é a pessoa fictícia que representa seu cliente ideal.

Para criar uma persona, baseie-se em informações verdadeiras sobre características e comportamentos daqueles que seriam seu cliente ideal, se é um homem, uma mulher, sua idade, suas histórias pessoais, o que as motiva, quais as suas pretensões, objetivos, desafios e preocupações. 

Ao criar personas, toda comunicação fica mais fluída e fácil de se fazer, pois você saberá exatamente com quem está se comunicando; é mais simples se comunicar com a persona do que com a massa.

 

3. Estude seus concorrentes

Estudar a concorrência é tarefa básica na publicidade, por esse motivo é a 3ª das dicas para campanhas de links patrocinados, mas, não se estuda a concorrência para copiar suas ações; seja ético.

A concorrência deve ser estudada para que fiquem claros os pontos que você deve destacar no seu negócio que a concorrência não atende; ofereça diferenciais atrativos que a concorrência não está abordando e entregue às suas personas vantagens melhores do que os concorrentes estão oferecendo. 

Pesquise os termos de sua lista de palavras-chave e analise os anúncios e sites que irão concorrer pelo mesmo espaço que você. 

Aperfeiçoe os pontos fracos de seus concorrentes e aprimore o que não está indo tão bem dentro de seu próprio negócio.

 

Conteúdos relacionados:

 

4. Divida o orçamento de suas campanhas

Se faz necessário dividir o orçamento de acordo com as metas de cada campanha e uma das dicas é que você separe o investimento para cada tipo de campanha criada e divida o quanto deseja investir em cada uma delas.

Deixe certo o investimento para suas campanhas focadas na aquisição de leads, nas vendas, para gerar impacto e reconhecimento de marca, entre outros. 

Fracione seu investimento total de acordo com suas metas e objetivos. 

Exemplo: 

  • 20% para aquisição de tráfego qualificado;
  • 30% para aquisição de leads;
  • 30% para vendas;
  • 20% para reconhecimento de marca;

 

5. Organize suas campanhas

A dica número cinco das 15 dicas para campanhas de links patrocinados está relacionada a organização da conta e uma sugestão para isso é que você separe suas campanhas por metas:

  • Meta focada em vendas;
  • Meta focada na obtenção de leads;
  • Meta focada em tráfego qualificado;
  • Meta focada em consideração de produto, serviço e marca;
  • Meta focada em alcance e reconhecimento da marca;
  • Meta focada em promoção de app;

No artigo “Por que você deve anunciar em Links Patrocinados?”  explicamos cada uma das metas e quais os tipos de campanhas do Google Ads que irão atendê-las.

A recomendação dada pelo próprio Google a nós, parceiros certificados, é que a organização das campanhas e grupos de anúncios pode ser baseada na própria estrutura do site ou negócio e, claro, nas metas e objetivos definidos no planejamento.

 

6. Configure o acompanhamento de conversões

Nas campanhas de Google Ads, acompanhar as conversões é essencial para entender o retorno que elas estão gerando.

Configure conversões dos formulários de seu site e/ou e-commerce para acompanhar as aquisições de leads e vendas, além disso, configure conversões de ligação, geradas por extensões de chamada ou anúncios de chamada.

 

7. Separe suas campanhas para dispositivos móveis

Segundo o Google, pesquisas feitas através de dispositivos móveis são responsáveis por mais da metade das pesquisas no Google.com.br, sendo para muitos anunciantes, a maior parte do tráfego de pessoas que usam dispositivos móveis.

Separar suas campanhas para os dispositivos móveis, é uma dica para campanhas de links patrocinados que permitirá a criação de mensagens personalizadas e chamadas específicas para tais dispositivos proporcionando melhor experiência de busca através destes.

 

8. Aumente o índice de qualidade

Quanto maior seu índice de qualidade, menor será o custo por clique de suas campanhas, dessa forma, na oitava dica para campanhas de links patrocinados, é importante que suas ações sejam proativas para a busca contínua da melhora do índice de qualidade.

O índice de qualidade está relacionado a três fatores: palavra-chave, anúncio e página de destino, em suma, quanto mais correlacionados estiverem esses três fatores, melhor a experiência do resultado da busca para o usuário e maior o índice de qualidade. A seguir complementarei essa dica para ampliar o índice de qualidade, confira!

 

9. Crie grupos de anúncios para grupos específicos de palavras-chave

Separe suas campanhas por grupos de anúncios com termos-chave que se relacionem entre si e com o anúncio.

Digamos que seu objetivo de campanha seja vender chocolates e seu negócio comercializa três diferentes tipos de chocolate, para este caso, recomendo que sejam criados grupos de anúncios para cada tipo de chocolate, logo, o grupo de anúncios de chocolate ao leite terá somente palavras-chave relacionadas a este termo e seus anúncios também, o que proporcionará uma ótima experiência de busca ao usuário, além disso, o índice de qualidade no Google Ads será elevado, resultando em um CPC (custo por clique) menor. A longo prazo, isso trará muitos benefícios ao seu negócio.

 

10. Compre palavras-chave de cauda longa

De forma bem resumida, as palavras-chave de cauda longa (long tail keywords) são termos compostos por mais de uma palavra, com menos buscas e com mais possibilidades de conversão.

Com o uso de palavras-chave long tail, suas campanhas chegarão aos objetivos de forma mais rápida e fácil, além de gastar menos dinheiro. 

Veja abaixo alguns exemplos de long tail keyword: 

Palavra-chave abrangente (head tail): tênis
Palavra-chave cauda longa (long tail): tênis masculino para corrida

Palavra-chave abrangente (head tail): corte laser
Palavra-chave cauda longa (long tail): serviço de corte laser de metal

Foque em suas palavras-chave com melhores taxas de conversão, provavelmente as palavras-chave de cauda longa (long tail) e deixe as palavras-chave abrangentes (head tail) de grande volume e genéricas para a indexação orgânica.

 

Conteúdos relacionados:

 

11. Negative termos-chave

Existem buscas que não são de seu interesse, mas que poderão acionar seus anúncios, através de sua lista de palavras-chave, por exemplo, digamos que seu negócio comercialize copos e você queira vender apenas copos de cerveja; para isso você compra a palavra-chave “copo de cerveja” (sem as aspas, em correspondência ampla), todavia, termos como “copos de vinho” quando digitados no buscador, poderão acionar o anúncio, neste caso você precisa negativar a palavra “vinho” para evitar o problema mencionado.

Isso é muito prejudicial à suas campanhas, pois consomem a verba destinada às palavras de sua lista. Para evitar, uma das dicas para campanhas de links patrocinados de sucesso é que você crie uma lista de palavras-chave negativas e acompanhe os termos-chave que acionam suas palavras. Faça isso diariamente.

 

12. Crie anúncios atrativos

Seus anúncios precisam atender ao objetivo proposto na campanha e a busca feita pelo usuário, por isso, se a proposta da campanha criada for a conversão (venda, pedido de orçamento, agendamento, etc), não se esqueça, em hipótese alguma, de adicionar um call-to-action que atenda o objetivo de gerar uma conversão.

Pense sempre em entregar uma boa “experiência de busca”, coloque-se no lugar do usuário que está buscando pelo respectivo termo-chave e entregue o anúncio que “responda” a busca feita.

 

13. Tenha uma ótima página de destino

A Página de destino (ou página de aterrissagem, ou landing page) é um dos três fatores que o Google usa para avaliar o índice de qualidade de suas palavras-chave e isso, não só influencia diretamente na qualidade de sua conta no Google Ads, mas principalmente, em proporcionar uma melhor experiência ao usuário que faz a busca e chega até sua página.

Para uma boa página de destino, tenha bons títulos e descrições, use imagens que chamem a atenção e adicione calls-to-actions que induzam o usuário a cumprir com o objetivo principal da ação (compra, pedido de orçamento, agendamento de evento, etc.), por meio de um formulário, por exemplo. 

Neste artigo da Resultados Digitais, confira 14 exemplos de Landing Pages com taxa de conversão acima de 40% e aplique as ideias ao seu negócio.

 

14. Otimize para os melhores dias e horários

Essa é uma ótima dica para reduzir custos de suas campanhas, principalmente se o orçamento é reduzido.

Você pode, por exemplo, otimizar suas campanhas para que os anúncios sejam exibidos em dias e horários em que as taxas de conversão são maiores ou exibir os anúncios nos dias e horários de atendimento do negócio; também poderá aumentar os lances de CPC em horários em que as buscas são mais intensas e reduzir os lances de CPC para períodos de baixo volume de pesquisa.

 

15. Saiba quais são os termos reais digitados na pesquisa

Acompanhe, analise e entenda quais os exatos termos digitados pelos consumidores quando fazem uma busca, por exemplo: sem cedilha, sem o acento. Se você não souber como seu cliente faz a busca, a chance de ter bons resultados é reduzida. Enfim, não fique bem posicionado para uma palavra-chave que ninguém procura.

 

[Dica Bônus] 16. Defina seus indicadores de performance

A dica bônus, das 15 dicas para campanhas de links patrocinados é muito importante; em síntese, é indispensável definir os principais KPIs para acompanhar, entre eles, taxas de clique, taxas de conversão, custo por clique e por conversão, índice de qualidade, posição do anúncio, quais são as melhores palavras-chave, os melhores anúncios e grupos de anúncios, os melhores locais, dias e horários para anunciar. Acompanhe, mensure, analise e otimize; acompanhe, mensure, analise e otimize… é um ciclo contínuo e interminável.

Gostou das dicas para campanhas de links patrocinados de sucesso? Quer mais conteúdo sobre Links Patrocinados? Assine nossa newsletter e receba nossos artigos em seu e-mail; prometemos que não iremos enviar a você mais do que um e-mail por mês.

 

Suas campanhas de links patrocinados estão gerando bons resultados?

Peça um diagnóstico sem custos* para suas campanhas de links patrocinados do Google Ads.

Peça um diagnóstico de suas campanhas de Links Patrocinados

Postado por Gustavo Matarazo

Estrategista de Marketing digital focado em resultados. É formado em Comunicação e Pós-graduado em Marketing Digital e negócios interativos. É diretor na Making TI e Web desde 2001, onde acumula cases para empresas dos mercados BtoB e BtoC.

2 Comentários - 15 dicas para campanhas de links patrocinados de sucesso

  • avatar

    Adélia Oliveira agosto 16, 2019 reply

    Eu faço campanhas do google adwords para meu negócio que é voltado ao público feminino, um ateliê beleza de mãos e pés, no entanto, acho que eu estou gastando mais dinheiro que o necessário. Suas dicas me ajudarão muito para aproveitar mais o dinheiro investido, mas não são tão simples, né?

    Muito obrigada por seu tempo em passar dicas tão interessantes.
    Já assinei a news… bj

    • avatar

      Gustavo Matarazo agosto 16, 2019 reply

      Opa, imagina! Bons negócios e qualquer dúvida, escreva. 😉

Scroll to Top

© 2020 Making TI e Web. Todos os Direitos Reservados.


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/makingnet/public_html/wp-includes/functions.php on line 3783