Coronavírus e Marketing Digital: 9 Dicas Estratégicas para Marketing e Vendas

Devido ao coronavírus e seus efeitos que vêm se expandindo cada vez mais, é perceptível que nas últimas semanas, alguns segmentos de mercado têm sido mais afetados do que outros.

Por isso, com o propósito de trazer um pouco de luz ao cenário atual, elencamos algumas dicas simples e estratégicas para marketing e vendas que irão ajudar o seu negócio a enfrentar esse difícil período em que o mercado todo se encontra. Confira!

Atualizado dia 05 de maio de 2020

1. Devo cortar a verba de marketing?

Coronavírus e a verba de Marketing

Não deixe de aparecer. Mantenha ao menos o mínimo em marketing digital. Lembre-se: a demanda deixou de existir, mas o cliente, não.

E para aqueles que nunca investiram, o momento é agora, aliás, é bem provável que novos anunciantes estejam ocupando os espaços vagos de anúncios e tomando o lugar de anunciantes que pararam de veicular suas campanhas.

 

2. Comunicação com os clientes

Comunicação com clientes em época de crise

Mantenha atualizadas as informações de contato de seus clientes. Lembre-se de que essa é a forma com a qual você poderá relacionar-se com eles, ainda que à distância.

2.1. Ajude o consumidor

O momento é de servir e se relacionar; entregar conteúdo que seja realmente relevante a eles, não apenas vender.

2.2. Meu horário de atendimento deve mudar?

Entenda o cenário atual e pense, por exemplo, se o horário de seu atendimento deve mudar ou se existem dias melhores para que você possa atender seus clientes.

2.3. Revise e atualize o Google Meu Negócio e suas redes sociais

Seja transparente e mantenha o Google Meu Negócio, suas redes sociais, plataformas e canais sempre atualizados, de acordo com o momento atual, garantindo que seus consumidores tenham informações recentes.

Algumas sugestões:

  • Altere o horário de funcionamento ou qualquer mudança em seu atendimento, caso seja necessário;
  • Adicione uma publicação sobre o coronavírus-19 em seus perfis de redes sociais;
  • Informe sobre possível fechamento temporário;
  • Informe sobre práticas de higienização e saúde;
  • Interaja e se relacione com seus clientes;
  • Intensificou seu delivery ou está vendendo online? Ofereça um cupom de desconto para o cliente comprar através desse novo canal;

2.4. Explore ferramentas gratuitas de marketing digital

Atendimento

Use mais o Whatsapp ou o Telegram para se comunicar com seus clientes e aqueles que desejarem falar com você, mas cuidado, não seja inconveniente e invasivo. O ideal é que a comunicação através dessas ferramentas sejam feitas com aqueles que já tiveram contato com seu negócio/marca e permitiram que você faça contato com eles, por isso, não esqueça do opt-in. Vale também lembrar que o ideal aqui não são mensagens em massa, mas o atendimento personalizado e eficaz para com seu cliente.

Interesses de seu público alvo

Use ferramentas gratuitas como Google Trends e Google Alertas. Essas ferramentas contam com recursos que irão auxiliar você a entender o aumento repentino em determinadas buscas, e conseguir identificar os interesses de seu público e entregar a ele aquilo que ele está buscando.

 

3. Comunicação com os colaboradores

Comunicação com a Equipe

É fundamental manter atualizadas todas as informações de contato, tanto de seus colaboradores como de seus fornecedores. Também é imprescindível que essas informações estejam online para que você possa  acessá-las em qualquer dispositivo.

Caso sua empresa tenha mais de uma unidade, crie um plano de continuidade de negócios e conceda autonomia aos gerentes locais para que possam tomar as decisões necessárias, de acordo com as condições de surto da doença na área onde atuam.

Ferramentas de comunicação à distância para Home Office

Não deixe de se comunicar com sua equipe, mesmo que à distância. Explore ferramentas como Skype, Zoom e Google Hangouts para fazer reuniões à distância e manter o time envolvido.

Confira neste vídeo dicas de como ser produtivo trabalhando em casa:

 

Ferramenta para gerenciamento remoto de tarefas

Gerencie tarefas à distância, organize afazeres, atribua responsáveis e datas de conclusão usando o Trello, um excelente aplicativo – com versão gratuita – de gerenciamento de projetos e tarefas que pode ser usado tanto em seu computador quanto em seu smartphone.

 

4. Devo pausar ou mudar meus anúncios?

Devo continuar focando apenas na venda de meus produtos e serviços ou o momento é outro?

O criativo usado em meus anúncios é o ideal, nesse contexto e para esse momento?

São muitas perguntas para as mais diversificadas respostas. Alguns dirão que sim, outros, que não. Mas é importante a reflexão.

Será que nesse cenário, vale à pena eu ofertar a bicicleta? E se a oferta for para o rolo para pedalar em casa ou o anúncio for para o kit de lubrificação de corrente, já que a bike está parada?

Com certeza existe algo que você nem imagina e que não faz parte de sua grade de produtos e serviços, mas pode ser oferecido e anunciado.

Alguns exemplos:

  • Anuncie um vale compras de valor mais baixo que poderá ser resgatado por um valor mais alto:
    • Ofereça um voucher de R$ 100,00 ao custo de R$ 90,00 que poderá ser resgatado assim que o negócio for aberto;
  • Repense para seus anúncios ofertas e preços mais baixos para fazer seu caixa no momento – ainda que quase sem lucro – e continuar funcionando;
  • Anuncie um serviço de delivery de seus produtos e serviços;

Sua marca deve se mostrar necessária, mas ao mesmo tempo, transmitir empatia e ser eficiente, para que seja lembrada por ter feito a diferença como alguém que se comunicou e ajudou. Sirva seu cliente!

 

5. Redes sociais e Covid-19

a crise do coronavírus e as redes sociais

Com o isolamento social, as pessoas passaram a ter mais tempo disponível para acessar redes sociais e conteúdos online, desta forma, a internet tornou-se uma ferramenta ainda mais importante como oportunidade para empreendedores continuarem a vender.

As redes sociais, mais do que nunca, têm sido uma inteligente estratégia de investimento para promover o seu negócio, pois mesmo as empresas que não conseguiram continuar vendendo online, devido ao tipo de produto que comercializam, estão enxergando na internet a oportunidade de se posicionarem.

Aumente o relacionamento com seus clientes e esteja mais presente nas redes sociais, colabore com eles entregando conteúdo relevante e que ao mesmo tempo que tem relação com seu produto e serviço irá servi-los.

Esteja presente em todas as etapas da jornada de compra de seu cliente e lembre-se que essas etapas não se resumem apenas na compra. Entenda o momento e entregue a ele o que realmente é útil.

 

6. Conteúdos sobre Coronavírus, meus produtos ou sobre o mercado?

O coronavírus é um do assuntos mais procurados e discutidos no mundo todo, por isso talvez esse não seja o momento de continuar abordando somente assuntos relacionados a negócios.

O recomendado é auxiliar com conteúdos sobre os quais você tenha conhecimento e autoridade para falar, como por exemplo:

  • Orientações de saúde financeira para pequenos empreendedores;
  • Aulas gratuitas de exercícios em casa;
  • Dicas de alimentação saudável;
  • Dicas de leitura, filmes e séries (que tenham relação com seu negócio);

Entre outros temas que tenham a ver com o seu produto ou serviço e que sejam pertinentes para o cenário que estamos enfrentando. Lembre-se de que o marketing de qualidade é aquele entrega algo relevante.

Nesse sentido, Inbound Marketing é uma excelente estratégia de comunicação e marketing que visa atrair um público, reter sua atenção e convertê-lo em clientes.

 

7. Lidando com a crise em diferentes setores

No momento atual é essencial se perguntar “o que é melhor para meu cliente?” e pensar na flexibilização das condições que seu negócio está oferecendo.

Talvez, devido ao cenário causado pela crise da Covid-19, seus horários precisem de mudanças constantes, aliás alguns supermercados e lojas grandes já contam com horário de atendimento exclusivo a pessoas acima dos 60 anos e prioridade nas entregas a essa faixa etária.

Confira a seguir algumas dicas para diferentes segmentos de mercado de como lidar com o período de crise.

 

7.1. Bares, restaurantes e padarias

Bares, restaurantes, padarias e Coronavírus

O ideal é adaptar-se  ao cenário, encontrando novas maneiras de oferecer seus produtos. Avalie as possibilidades e utilize o marketing como aliado para criar novas estratégias.

Delivery

Se você trabalha com delivery, as redes sociais se tornaram imprescindíveis no momento. Aproveite para publicar medidas que seu estabelecimento está tomando em relação à higiene. Desta forma, os clientes que têm feito pedidos por delivery se sentirão mais seguros ao consumirem seus produtos. A frequência desse tipo de publicação auxilia na confiança do público em relação à sua marca.

Crescimento das buscas por “delivery” no Google, no Brasil nos últimos 5 anos. Pico das buscas 28 de março de 2020. (Fonte: Google Trends)

 

Parcerias

Você pode seguir a linha que a AMBEV está usando no comércio eletrônico Empório da Cerveja, incentivando pequenos produtores a colocar seus produtos neste canal digital para escoar a produção. A gigante do setor está disponibilizando marcas de cervejas artesanais que podem ter parte de sua produção comercializada online.

Produção de conteúdo

Outra opção é aumentar o relacionamento com seu público. Como o momento é de reclusão, ajude-o da forma que você mais entende. Escreva receitas fáceis e rápidas ou grave vídeos curtos para se fazer em casa. Veja algumas ideias de canais que estão produzindo conteúdo em vídeo de refeições rápidas e fáceis.

Invista em mídia

Alcance mais pessoas investindo em mídia, patrocine os posts e crie ações para que seus clientes mencionem o seu negócio e incentivem outras pessoas a pedirem os seus produtos.

 

7.2. Clínicas de saúde e bem estar

Clínicas e Coronavírus

Para evitar que clientes cancelem serviços, crie a possibilidade de reagendamento de novas datas e utilize sua criatividade para divulgar essas campanhas, como presentear com um brinde os que a ela aderirem. Uma dica bastante útil é entrar em contato com os clientes e mostrar empatia, oferecendo novas datas e formas de parcelamento.

Vouchers e descontos

Além de ações com vouchers e cupons, mencionadas, clínicas de segmentos específicos como as de estética e Spas, podem oferecer tratamentos no modelo compre um e ganhe outro e também podem oferecer a manutenção de tratamentos realizados no passado.

Atendimento à distância

Para profissionais em que o atendimento à distância seja possível, intensifique o serviço, inclusive, para pacientes que não tinham esse costume, oriente-os a dar continuidade aos tratamentos dessa forma, inclusive você pode criar um programa de desconto para quem indica o tratamento à distância.

O público continua existindo

Lembre-se de que apesar de não haver demanda no momento, o público continua existindo e este é um período que pode ser usado para gerar novos leads, através de conteúdos relevantes que poderão tornar-se clientes efetivos, assim que tudo voltar à normalidade.

 

7.3. Academias e fitness

Academias, fitness e Coronavírus

Mude o formato das aulas para online

Uma opção é alterar o formato das aulas presenciais para online, com exercícios e atividades que podem ser realizadas em casa. Desta forma, você valoriza ainda mais a saúde, incentivando todos a se manterem seguros durante o período de isolamento social.

Aluguel dos equipamentos e aparelhos de academia

Outra alternativa em decorrência da pandemia da Covid-19 para o setor de academias e fitness é a locação de seus equipamentos e aparelhos de academia.

Analise a possibilidade de locação de esteiras, bicicletas ergométricas, steps, jumps, halteres, colchonetes, entre outros, para alunos devidamente matriculados. Você pode combinar aquela aula à distância com o equipamento alugado. Neste caso, a dica é oferecer para alunos já matriculados, o que facilita e simplifica o negócio.

Produção de conteúdo

Aproveite o relacionamento e a possibilidade de ampliar o número de novos clientes. Isso mesmo; por mais difícil que pareça o momento é de mudanças e você pode conquistar novos clientes através de vídeos rápidos com formas de se exercitar em casa. Publique esses conteúdos em suas redes sociais e canal do Youtube e ofereça cupons de desconto para matrículas em momento da quarentena.

Segundo o Google Trends:

a busca por vídeos sobre “treino em casa” aumentou mais de 55% em março desse ano em comparação à média do ano passado. Mesmo em tempos difíceis, as pessoas estão buscando sincronizar os horários habituais de treino à quarentena.

 

7.4. Concessionárias de veículos e motos

Concessionárias, revenda de veículos e Coronavírus

Serviços de Delivery e Leva e traz

Pense na possibilidade de oferecer serviços como revisões mecânicas, lavagem de veículos e, até mesmo, test drive e test ride na modalidade leva e traz. Assim seus clientes podem continuar cumprindo a quarentena em segurança, certo de que seu veículo será retirado, reparado e devolvido em sua casa.

Atendimento online e por Whatsapp

Ofereça a reposição de peças e acessórios através de plataformas online ou até mesmo por delivery, com pedidos feitos por Whatsapp, Google Meu Negócio, redes sociais e pelo seu site.

 

7.5. Imobiliárias e corretores de imóveis

Imobiliárias, corretores de imóveis e Coronavírus

Visitas virtuais

O coronavírus mudou a experiência de visitas aos imóveis e showroom. A alternativa para imobiliárias e corretores de imóveis é se programarem para a possibilidade de visitas virtuais. Provavelmente, para isso precisarão readequar seus sites e intensificar presença nas redes sociais, neste momento em que o cliente procura manter distância.

Revise seus cadastros e retome contatos antigos

O momento é de dificuldade para todos, dessa forma, o mesmo problema que você tem, seu cliente também; por isso, retome o contato com aqueles proprietários de imóveis que ainda não foram comercializados veja a possibilidade de um desconto no preço ou uma troca por outros imóveis.

Combine as possibilidades

Ao revisar seus cadastros você, provavelmente, irá notar vendas que poderão ser combinadas, dessa forma, que tal oferecer aquela casa de praia para o proprietário daquela cháchara na zona rural da cidade? Tente combinar demandas que façam sentido.

 

7.6. Hotéis e agências de viagens

Hotéis, agências de viagens e Coronavírus

Reagende reservas ao invés de cancelar estadias

No ramo hoteleiro e de agências de viagens, um dos mais atingidos negativamente pela situação, crie a possibilidade de reagendar reservas ao invés de cancelar estadias. Este segmento, pode não ter demanda neste período, mas deve manter o foco em gerar novos leads, para que esses se tornem clientes quando a quarentena acabar.

O Airbnb priorizou a satisfação do cliente e já alterou sua política de cancelamento de reservas em nenhuma penalidade.

Ofereça vouchers para serem resgatados no futuro

Outra dica para esse segmento é a de oferecer vouchers de reservas por preços menores para que sejam resgatados no futuro ou assim que a situação se normalizar.

Produção de conteúdo

As agências de viagens também devem focar em conteúdo institucional explorando artigos em blogs sobre assuntos relacionados aos seus principais destinos. Não se esqueça que a demanda caiu, mas o público continua existindo e os objetivos e desejos por viagens, também.

 

8. Créditos de publicidade do Google Ads para PMEs

O Google concedeu US$ 340 milhões em créditos de publicidade a pequenas e médias empresas do mundo todo, que têm contas de anúncios de links patrocinados, ativas desde o início de 2019, justamente para ajudar a reduzir parte de seus custos e para que elas consigam manter contato com os clientes neste período difícil. Esses créditos podem ser utilizados até o fim de 2020 nas plataformas do Google Ads.

Esse é um recurso muito bem-vindo para ajudar você a gerenciar sua empresa diante de tantas incertezas. Para saber mais ou esclarecer qualquer dúvida, a Central de Ajuda do Google disponibilizou a página COVID-19: créditos de publicidade para pequenas e médias empresas do Google Ads com informações para essa finalidade.

 

9. Planejar a retomada

Na medida em que a quarentena for flexibilizada, haverá uma grande corrida para a retomada dos negócios, pois mercado e consumidor voltarão à normalidade. Por isso é importante fazer um planejamento para quando chegar a hora desse aquecimento, pois os negócios que estiverem melhor preparados, largam em vantagem.

Espero que as dicas ajudem você a dar andamento nesse cenário tão difícil.

Se ficou com alguma dúvida ou precisa de ajuda, escreva nos comentários, abaixo, que responderemos rapidamente.

Se cuide!

Leituras recomendadas:

Postado por Gustavo Matarazo

Estrategista de Marketing digital focado em resultados. É formado em Comunicação e Pós-graduado em Marketing Digital e negócios interativos. É diretor na Making TI e Web desde 2001, onde acumula cases para empresas dos mercados BtoB e BtoC.

Um Comentário - Coronavírus e Marketing Digital: 9 Dicas Estratégicas para Marketing e Vendas

  • avatar

    Bruno julho 17, 2020 reply

    Obrigado pelo post.

Scroll to Top

© 2020 Making TI e Web. Todos os Direitos Reservados.